didi.gif
 

roteiro

Todo mundo é roteirista. A gente conta histórias por natureza.

Comecei minha carreira como editora de vídeo. E editores de vídeo criam roteiros todos os dias na ilha de edição. Em vez de letras num papel, usamos imagens e sons. Pensando nisso e na minha afeição por palavras e pela língua portuguesa — o que havia me levado à faculdade de Jornalismo em primeiro lugar —, decidi aprender mais técnicas. Fiz uma pós-graduação em Roteiro Audiovisual na Facha, concluída em 2017, e diversos cursos livres.


De lá pra cá, escrevi roteiros para séries como Mapa do Pop e Restaurantes Inesquecíveis, ambas realizadas pela Maria TV e nas quais também trabalhei como editora de vídeo e produtora.


E, sim: sempre rola um sorrisinho orgulhoso ao ver nossas palavras — as palavras que escrevemos e reescrevemos, sozinhos, em nosso computador — ganharem vida. Às vezes essas palavras são reproduzidas com a entonação que imaginamos; e outras vezes ficam melhores ainda na boca da apresentadora. Essa é a parte mais legal de escrever roteiros.


Confira neste vídeo do episódio do Mapa do Pop em San Francisco:

 

Leia mais textos no blog​.

 
 
caneta.jpg
 

Curtiu?
Entre em contato comigo.