alice-reis-edicao-montagem-timeline-prem
 

edição de vídeo

A primeira vez que mexi numa timeline de edição de vídeo foi na adolescência: fã de bandas de rock e seriados americanos, eu baixava vídeos dos meus ídolos na internet, e criava montagens para publicar no YouTube. Embora fosse uma brincadeira divertida, eu nem imaginaria que aquilo se tornaria minha profissão.


Em 2011, aluna e estagiária na PUC-Rio, pulei de alegria ao descobrir que havia uma vaga na ilha de edição do nosso laboratório multimídia. Na época, eu já trabalhava no laboratório há um ano — primeiro como radialista, depois como repórter e produtora de TV —, mas sempre passava as horas vagas na ilha de edição de um amigo, observando-o montar seus quebra-cabeças audiovisuais.


Finalmente tinha chegado minha vez: "Eu sou editora de vídeo," pensei. E nunca mais parei de editar.

Como jornalista, tenho me especializado em séries e filmes não-ficcionais com temática social, cultural e lifestyle. Meu computador já me viu editar de tudo: um longa-metragem, um média-metragem, quase 50 episódios de meia hora para TV aberta e a cabo, algumas campanhas publicitárias, e dezenas de vídeos curtos para o YouTube.

Conheça meus principais trabalhos de edição de vídeo:

 
 

clipping

Documentário Black & White na revista Veja em 30.10.2020:

"(...) O trabalho de pesquisa de vídeo e imagens de arquivo, para o qual (o diretor Luís Nachbin) contou com a montadora e videografista Alice Reis, ajuda a contextualizar os assassinatos — o de (Rayshard) Brooks foi registrado por pelo menos cinco câmeras, imagens descobertas na fase de edição — e também as reações do presidente americano, Donald Trump. 'A maior preocupação foi utilizar o material de forma sensível e cuidadosa, sem sensacionalismo', destaca Nachbin. (...)"

  • Leia a reportagem completa na revista Veja aqui.

 
 

Curtiu?
Entre em contato comigo.

 

+55 (21) 98684-9199

© 2021 Alice Reis | Site criado por mim com Wix.